quarta-feira, 3 de outubro de 2018

🎬 Os Olhos Sem Rosto - Les yeux sans visage (1960)

OUTUBRO DAS BRUXAS 
🎃

FACES

Um cirurgião causa um acidente que deixa a filha desfigurada e vai ao extremo para lhe dar um novo rosto.


Há muito tempo que estava querendo assistir Les yeux sans visage (1960) uma das grandes obras-primas do cinema de horror europeu. No auge do período, quando filmes como Psicose e A Tortura do Medo eram lançados. Creio que Pedro Almodóvar utilizou elementos deste filme ao fazer a adaptação de A Pele Que Habito (2011) de  Thierry Jonquet. São evidentes os típicos ingredientes de um filme de horror clássico que compõe o cientista, a cobaia e o assistente. Entretanto, o diretor GEORGES FRANJU (1912-1987) transforma o popular terror numa espécie de Grand Guignol levado à tela grande. Aliás, Os Olhos Sem Rosto é a única incursão no gênero terror do co-fundador da Cinemateca de Paris. Tendo dirigido dramas de suma importância no Cinema Francês:  Thomas l'imposteur (1965) e Thérèse Desqueyroux (1962), estes estrelados por  Emmanuelle Riva. Muito influenciado pelos mestres Fritz Lang, Murnau e Jean Painlevé, Franju foi um cineasta focado na produção do chamado "política de autores" e  Les yeux sans visage não seria exceção. Mas por ser um filme assumidamente de terror é bem mais interessante. Dirigiu também Pleins feux sur l'assassin (1961) sobre um velho conde que decide se esconder em uma alcova secreta e morrer lá, só para irritar seus herdeiros. Como o corpo não foi encontrado, o último terá de esperar cinco anos até que possa herdar o dinheiro da contagem. Trama escrita por  Pierre Boileau e Thomas Narcejac autores de Um Corpo Que Cai (1958) e As Diabólicas (1955) e que também colaboram neste. 

Também um admirador de Jean Cocteau (1889–1963) é como se o mesmo tivesse dirigido qualquer obra de Edgar Allan Poe. O filme tem fortes influências do romance pulp e Franju não exita em "abusar" da poesia da sua fotografia aqui assinada pelo polonês Eugen Schüfftan (1893 1977) que trabalhou nos efeitos visuais de Metropolis (1927) e tendo fotografado mais de setenta e sete filmes da era do cinema mudo até os anos de 1960. Há bastante sensibilidade do diretor ao mesmo tempo em que demonstra complexidade aos esteriótipos que já esperamos dos filmes de terror como o já citado cientista louco e seu assistente e que aqui é brilhantemente vivida por uma mulher, a eterna ALIDA VALLI (1921-2006) como Louise. Isso sem mencionar o seu "monstro": ele conquista de forma magnífica a simpatia dos espectadores pela desfigurada Christiane Génessier o papel da vida de EDITH SCOB ,simplesmente fantástica. O primeiro plano, em que dois faróis cortam a escuridão do interior da França, vistos de dentro do carro, cria uma imagem semelhante a uma máscara - que espelha a máscara inexpressiva que cobre o rosto de Christiane - , no entanto, da perspectiva de quem a utiliza.  



Na premissa, o brilhante Dr. Génessier  interpretado por Pierre Brasseur (1905–1972), do clássico Cais das Sombras (1938) de Marcel Carné, em seus experimentos para superar a rejeição de transplantes de órgãos, dedica-se a encontrar uma jovem com um rosto que sirva para substituir o de sua filha Christiane (Scob), que fora tragicamente desfigurado em um acidente automobilístico causado por ele. Nosso primeiro contato com a fita se dá por trás da tal máscara (que, cá entre nós,causa mais arrepios do que a do Michael Myers) e, quando finalmente vemos o rosto de Christiane, não é o revestimento de plástico que cobre ou (quando ele é retirado) o músculo exposto fora de foco que chama a atenção, mas os olhos tristes da jovem - impossível evitarmos olhar  direto para eles! Até mesmo porque já havíamos enxergado naquele primeiro plano. Franju faz com que a gente se identifique com "o monstro". 

Brasseur é o homem trágico que comete crimes horrendos, mas, ele está bem longe de ser comparado com o Dr. Frankenstein. O filme é de fato experimental em muitos aspectos, por exemplo, Franju se certifica em oferecer uma série de espetáculos grotescos, a começar pela máscara o adereço de cena mais impactante de todo o filme. Mas, pouco satisfeito, o diretor nos tortura, passando por um rosto sendo retirado de uma jovem vítima, aliás, não faltam outros horrores cirúrgicos, a imagem da face desfigurada de Christiane, até o Dr. Génessier sendo destroçado por seus próprios cães! 

O filme hibridiza lindamente o bom e mau gosto cultural, na qual somos apresentados à beleza e à poética inerentes ao horror graças à recusa do diretor em explorar ou se esquivar das imagens explícitas. 

Terrivelmente aterrador e chocante. 


FRANÇA/ITÁLIA 
TERROR - DRAMA
1h 30min. 
★★★★☆






um filme de Georges Franju
Les yeux sans visage
elenco:
Pierre Brasseur ...       Docteur Génessier
Alida Valli ...             Louise
Juliette Mayniel ...       Edna Grüber
Béatrice Altariba ...      Paulette
Alexandre Rignault ...   Inspector Parot
Charles Blavette ...      L'homme de la fourrière
Claude Brasseur  ...     Un inspecteur
Yvette Etiévant   ...    La mère
e Edith Scob  ...          Christiane Génessier

Música de Maurice Jarre   Direção de Fotografia Eugen Shuftan
Montagem Gilbert Natot   Direção de Arte Auguste Capelier
Figurinos Marie Martine   Maquiagem Georges Klein

Roteiro
de
Pierre Boileau
Thomas Narcejac
Jean Redon
Claude Sautet

Diálogos de Pierre Gascar   Baseado no livro de Jean Redon
Dirigido por
Georges Franju

Champs-Élysées Productions/Lux Film © 1960

Nenhum comentário:

Acervo de Películas

00's 007 10's 20's 30's 3D 40's 50's 60's 70's 80's 90's Ação Adoro Cinema Akira Kurosawa Al Pacino Alec Guinness Alfonso Cuarón ALIEN Almodóvar ANG LEE Angelina Jolie Animação ARNOLD SCHWARZENEGGER Arthur P. Jacobs Audrey Hepburn Aventura Batman Bela Lugosi Bernardo Bertolucci Bette Davis Billy Wilder Blake Edwards Blaxploitation Bob Fosse Boris Karloff Brian De Palma Bryan Singer Buster Keaton Carl Laemmle Carol Reed Carrie Fisher Cary Grant Cecil B. DeMile Chaplin Charlton Heston Christopher Nolan CINE TRASH Cine-Doc CINEASTAS Cinebiografia Cinema Asiático Cinema Europeu Cinema LGBT Cinema Marginal Cinema MUDO CINEMA PRETO & BRANCO Cinema Rodrigo Clark Gable Clássicos Claude Rains Clint Eastwood Colin Trevorrow Comédia Coppola Crepúsculo CULTS Curt Siodmak Curta-metragem Curtis Hanson Daniel Craig DANNY BOYLE Danny DeVito Dario Argento Darren Aronofsky David Bowie David Cronenberg David Fincher David Lean DAVID LYNCH David O. Selznick DC Comics Denzel Washington Disney Documentário Drama Drogas Eduardo Coutinho Eisenstein Elia Kazan Elvis Presley Épico Época Erotismo Errol Flynn ESPECIAIS Fantasia Fatos Reais Fellini FERNANDO MEIRELLES FILMES IRREGULARES Filmes Natalinos FOX FRANÇOIS TRUFFAUT FRANK CAPRA Frank Darabont Frank Oz Fritz Lang Gangsters Gene Wilder George A. Romero George Cukor George Lucas George Miller George Stevens George Waggner Georges Méliès. Giallo Gillo Pontercorvo Grace Kelly Greta Garbo Guerra GUEST SERIES Guillermo del Toro Gus Van Sant Halloween Harold Lloyd Harrison Ford HARRY POTTER Henri-Georges Clouzot Henry Selick Hitchcock Home Video Homem-Aranha Howard Hawks HQ Humphrey Bogart INDIANA JONES Infantil Ingmar Bergman Ingrid Bergman Irmãos COEN Isabelle Huppert Ivan Reitman J.J. Abrams Jack Arnold Jack Nicholson Jacques Tourneur James Cameron James Ivory James Stewart JAMES WHALE Janet Leigh Japão Jason JEAN-LUC GODARD Jim Henson Joan Crawford Joel Schumacher John Carpenter John Ford JOHN HUGHES John Huston John Landis John Waters Jonathan Demme Joon Ho Bong José Mojica Marins Joseph L. Mankiwicz Judy Garland Kate Winslet Katharine Hepburn Kevin Spacey KING KONG Kirk Douglas KRZYSZTOF KIESLOWSKI Lars Von Trier Lawrence Kasdan Leonardo DiCpario Liza Minnelli Lon Chaney Jr Luc Besson Luca Guadagnino Luis Buñuel M.Night Shyamalan Marilyn Monroe Mário Peixoto Mark Hamill Marlene Dietrich Marlon Brando Martin Scorsese MARVEL Matinê Mel Brooks Melhores do Ano Michael Curtiz Michael Douglas Michael Haneke Michael Jackson Michael Powell Michel Gondry Michelangelo Antonioni Milos Forman MONSTERS COLLECTION Monstros Musicais Nacional Noir NOUVELLE VAGUE O Senhor Dos Anéis Oliver Stone Olivia de Havilland Orson Welles Oscar Outubro Das Bruxas P.T. ANDERSON Pam Grier Pânico Paramount Park Chan-wook Paul Verhoeven PERFIL Peter Bogdanovich PETER JACKSON Philip K. Dick Pier Paolo Pasolini Pierce Brosnan Piores do Ano Pipoca PIXAR Planeta Dos Macacos Policial Quentin Tarantino Rian Johnson Richard Donner RIDLEY SCOTT RKO Road-Movie Robert De Niro Robert Rodriguez Robert Wise Robert Zemeckis Roger Moore Rogério Sganzerla Roman Polanski Romance Sam Mendes Sam Peckinpah SAM RAIMI Sangue Scarlett Johansson Sci-Fic Sean Connery Sean Penn Sergio Leone Sessão Da Tarde Sessão Dinossauro Sessão DUPLEX Cinema MUDO Sessão Surpresa SESSÃO TRAILER Sexo SEXTA-FEIRA 13 Sharon Stone Sidney Lumet Sigourney Weaver Sofia Coppola Spielberg Stan Lee Stanley Donen Stanley Kubrick Star Trek Star Wars Stephen King SUPER HERÓIS Suspense Terror Thriller Tim Burton Timothy Dalton TOD BROWNING Tom Cruise Tom Hanks Tom Tykwer Trash TV Uma Thurman UNIVERSAL STUDIOS Universo Jurassic Park Victor Fleming Violência Vivien Leigh Wachowski Walter Hugo Khouri Walter Salles Warner Wes Craven Western William Castle William Friedkin Wolfgang Petersen Wong Kar Wai Woody Allen Zé do Caixão