segunda-feira, 1 de outubro de 2018

🎬 Los Angeles: Cidade Proibida (1997) 🎥 Curtis Hanson

IMUNDICES E MUNDANAS


À medida que a corrupção aumenta na década de 1950 em Los Angeles, três policiais: um inflexível, um brutal e um desprezível,  investigam uma série de assassinatos. 

LOS ANGELES ou simplesmente L.A. um ambiente de grande importância para a cultura norte-americana, um lugar onde situa-se a capital da indústria cinematográfica dos Estados Unidos,  o distrito de Hollywood ...de sonhos, fantasias, mas também onde se passam as histórias de crimes que sempre fizeram parte do cinema Noir e Policial. L.A. é a identidade cultural dos americanos e é tão presente em sua cultura como Nova York ou Chicago, outros Estados perfeitos que servem de  locações para as mais diversas premissas do cinema hollywoodiano. Mas, é isso, que fique bem claro, o cinema deles é associado a essa palavrinha: "hollywoodiano"! 

Los Angeles: Cidade Proibida é o grande filme de 1997 e entre todas as fitas daquele ano é sem dúvida o meu favorito. E com o passar do tempo, e lá se vão mais de vinte anos, continua sendo, aliás, fica melhor a cada revisão. Tudo bem, o filme só não alcançou voos mais altos porque era o mesmo ano de TITANIC que abocanhou todos os principais prêmios naquele Oscar. Entretanto, o filme ainda levou o prêmio merecido a Melhor Roteiro Adaptado para BRIAN HELGELAND e CURTIS HANSON e o de Melhor Atriz Coadjuvante para a belíssima, no auge, KIM BASINGER. Tão, mais tão linda nesse filme. De parar o trânsito. Assim como Claudia Cardinale em ERA UMA VEZ NO OESTE.  Obteve ainda outras indicações da Academia para: MELHOR FILME, DIRETOR, DIREÇÃO DE ARTE, FOTOGRAFIA , MONTAGEM/EDIÇÃO e MÚSICA, um dos grandes momentos de JERRY GOLDSMITH (1929–2004) por mais que sua música soe parecida com outro sucesso seu da mesma década; "Instinto Selvagem." (1992). 

Gosto do modo como o filme é conduzido. Há cenas de extrema violência gráfica e outros momentos mais viscerais, outros até mais conceituais com um magnífico toque de suspense. Sem afetações, com muito ritmo e direto ao ponto. Da mesma forma que Martin Scorsese trabalharia no âmbito policial/ gangster em Os Infiltrados (2006),  L.A. já estava anos luz mostrando a podridão, o esgoto do submundo do crime policial. E o mais interessante ainda é que Los Angeles: Cidade Proibida tem identidade própria e até criou algumas tendências no gênero. A exemplo óbvio, a sacada da premissa ser narrada e ambientada na Los Angeles dos anos de 1950 na qual policiais hipócritas, mentirosos,enfim, de todos os tipos ilegais, flertam com bandidos, alguns veteranos e outros novatos, aliás, o filme mostra experientes e inexperientes de todas as áreas e departamentos e o roteiro conduz tudo isso lindamente sem perder o foco. E, o mais bárbaro, é contado pelo ponto de vista do tabloide sensacionalista na personagem do DANNY DeVITO (num papel que lhe caiu como luva).

A direção de CURTIS HANSON (1945- 2016) é inspiradora. O diretor em grande momento criativo no filme de sua vida. Ele já havia realizado aquele outro filme que marcou a minha infância, o suspense doméstico, A MÃO QUE BALANÇA O BERÇO (1992)  e desta vez acerta num melodrama romântico e criminoso repleto de reviravoltas inteligentes. Na verdade, Hanson e o co-roteirista Helgeland reduziram  muitas das tramas do best-seller policial de JAMES ELLROY, o mesmo de A Face Oculta da Lei (2002), Dália Negra (2006 - adaptado para o cinema por Brian De Palma) e Os Reis da Rua (2008). Fazendo isso, Helgeland e Hanson criaram um foco mais emocional. Para tanto, a direção, a montagem desse filme precisou ter um ritmo adequado pelo fato de acontecer muitas subtramas ao mesmo tempo.



Hanson foi abençoado com relação ao seu elenco. Todos acertam. Todos são travessos na medida certa. Todos são oportunistas a seu modo. E todos, sem exceção, estão inspirados. E, enquanto cada um deles dão interpretações arrasadoras, Hanson desenha a aliança moralmente ambígua entre policiais radicalmente incompatíveis, mas que unem-se a força tarefa para desvendar o enigma de um assassinato múltiplo que culminará em consequências inesperadas e desenterrará fantasmas do passado.  Tudo por um furo, que seja, ou tudo em nome da lei. Ou não exatamente. E, de novo, que elenco! KEVIN SPACEY está extraordinariamente à vontade no papel de um policial que adora posar de celebridade, mas que tem a qualidade (ele não é santo, diga-se) e a moralidade de não ser delator dos parceiros. Por outro lado, o caladão, RUSSELL CROWE ao mesmo tempo feminista/machista aparece em uma figura sensual, trágica e bruta na pele de um policial violento defensor das mulheres, mas sempre bem-intencionado e que tem a postura parecida com a de Spacey quanto aos defeitos de seus colegas, faz certa vista grossa. Sendo essa pessoa, Crowe se vê colocado contra um policial certinho e engomadinho e com pretensões ambiciosas de fazer carreira, o ótimo GUY PEARCE que vinha do maravilhoso Priscilla, a Rainha do Deserto (1994)  Ambos envolvidos numa "armadilha"envolvendo uma prostituta de luxo, interpretada por KIM BASINGER numa excelente atuação, num papel sob medida para ela. 

O filme se inspira no que os maiores clássicos do gênero transmitiam. Los Angeles: Cidade Proibida transpira o suntuoso tom quente das fitas noir colorizadas e por vezes lembrando o toque mágico de Chinatown (1974) de Roman Polanski e do diretor de fotografia John A. Alonzo. Dito isso, eis um filme sensual, cínico e que intriga a cada frame. Curiosamente, mas nunca que isso seja uma problemática, o filme faz um contraponto do otimismo dos anos dourados da década de 50 ao cinismo melancólico dos anos de 1930 (como eram os filmes de gangster daquele período, por exemplo). Tal híbrido sobreposto envernizado pela agilidade sábia dos filmes produzidos na década de 1990. Além do mais, sem medo de parecer piegas, o filme é também romântico. E um romance clássico entre Basinger e Crowe. Acredito que Hanson almejou buscar o esplendor do Film-Noir, mas é também um filme sobre sonhos destruídos. Na cidade Proibida dos Sonhos... há uma colisão entre detetives imundos e mulheres mundanas, são tantos temas universais...a esperança que ainda brota do verdadeiro lamaçal moral e cívico.  Los Angeles: Cidade Proibida é um último lampejo do cinema de tudo isso. 

EUA 
POLICIAL-DRAMA-ROMANCE-SUSPENSE
2h 18 min.
★★★★★




KEVIN SPACEY   RUSSELL CROWE   GUY PEARCE
com KIM BASINGER  e DANNY DeVITO

L. A.

Confidential


JAMES CROMWELL   DAVID STRATHAIRN  MATT McCOY 


MÚSICA DE JERRY GOLDSMITH   MONTAGEM PETER HONESS


DESENHOS DE PRODUÇÃO JEANNINE OPPEWALL


DIRETOR DE FOTOGRAFIA DANTE SPINOTTI, A.I.C.

BASEADO NA OBRA DE JAMES ELLROY


ROTEIRO DE BRIAN HELGELAND   CURTIS HANSON


PRODUZIDO POR
ARNON MILCHAN  
CURTIS HANSON
MICHAEL NATHANSON


DIRIGIDO POR CURTIS HANSON

UMA PRODUÇÃO ARNON MILCHAN/ DAVID L. WOLPER
REGENCY ENTERPRISES/ WARNER BROS. PICTURES © 1997

Nenhum comentário:

Acervo de Películas

00's 007 10's 20's 30's 3D 40's 50's 60's 70's 80's 90's Ação Adoro Cinema Akira Kurosawa Al Pacino Alec Guinness ALIEN Almodóvar ANG LEE Angelina Jolie Animação ARNOLD SCHWARZENEGGER Arthur P. Jacobs Audrey Hepburn Aventura Batman Bela Lugosi Bernardo Bertolucci Bette Davis Billy Wilder Blake Edwards Blaxploitation Bob Fosse Boris Karloff Brian De Palma Bryan Singer Buster Keaton Carl Laemmle Carol Reed Carrie Fisher Cary Grant Cecil B. DeMile Chaplin Charlton Heston Christopher Nolan CINE TRASH Cine-Doc CINEASTAS Cinebiografia Cinema Asiático Cinema Europeu Cinema LGBT Cinema Marginal Cinema MUDO CINEMA PRETO & BRANCO Cinema Rodrigo Clark Gable Clássicos Claude Rains Clint Eastwood Colin Trevorrow Comédia Coppola Crepúsculo CULTS Curt Siodmak Curta-metragem Curtis Hanson Daniel Craig DANNY BOYLE Danny DeVito Dario Argento Darren Aronofsky David Bowie David Cronenberg David Fincher David Lean DAVID LYNCH David O. Selznick DC Comics Denzel Washington Disney Documentário Drama Drogas Eduardo Coutinho Eisenstein Elia Kazan Elvis Presley Épico Época Erotismo Errol Flynn ESPECIAIS Fantasia Fatos Reais Fellini FERNANDO MEIRELLES FILMES IRREGULARES FOX FRANÇOIS TRUFFAUT FRANK CAPRA Frank Darabont Frank Oz Fritz Lang Gangsters Gene Wilder George A. Romero George Cukor George Lucas George Miller George Stevens George Waggner Georges Méliès. Giallo Grace Kelly Greta Garbo Guerra GUEST SERIES Gus Van Sant Halloween Harold Lloyd Harrison Ford HARRY POTTER Henri-Georges Clouzot Hitchcock Home Video Homem-Aranha Howard Hawks HQ Humphrey Bogart INDIANA JONES Infantil Ingmar Bergman Ingrid Bergman Irmãos COEN Isabelle Huppert Ivan Reitman J.J. Abrams Jack Arnold Jack Nicholson James Cameron James Stewart JAMES WHALE Janet Leigh Japão Jason JEAN-LUC GODARD Jim Henson Joan Crawford Joel Schumacher John Carpenter John Ford JOHN HUGHES John Huston John Landis John Waters Jonathan Demme Joon Ho Bong José Mojica Marins Joseph L. Mankiwicz Judy Garland Kate Winslet Katharine Hepburn Kevin Spacey KING KONG Kirk Douglas KRZYSZTOF KIESLOWSKI Lars Von Trier Lawrence Kasdan Leonardo DiCpario Liza Minnelli Lon Chaney Jr Luc Besson Luis Buñuel M.Night Shyamalan Marilyn Monroe Mário Peixoto Mark Hamill Marlene Dietrich Marlon Brando Martin Scorsese MARVEL Matinê Mel Brooks Melhores do Ano Michael Curtiz Michael Douglas Michael Jackson Michael Powell Michel Gondry Michelangelo Antonioni Milos Forman MONSTERS COLLECTION Monstros Musicais Nacional Noir NOUVELLE VAGUE O Senhor Dos Anéis Oliver Stone Olivia de Havilland Orson Welles Oscar Outubro Das Bruxas P.T. ANDERSON Pam Grier Pânico Paramount Park Chan-wook Paul Verhoeven PERFIL Peter Bogdanovich PETER JACKSON Philip K. Dick Pier Paolo Pasolini Pierce Brosnan Piores do Ano Pipoca PIXAR Planeta Dos Macacos Policial Quentin Tarantino Rian Johnson RIDLEY SCOTT RKO Road-Movie Robert De Niro Robert Rodriguez Robert Wise Robert Zemeckis Roger Moore Rogério Sganzerla Roman Polanski Romance Sam Mendes Sam Peckinpah SAM RAIMI Sangue Scarlett Johansson Sci-Fic Sean Connery Sean Penn Sergio Leone Sessão Da Tarde Sessão Dinossauro Sessão DUPLEX Cinema MUDO Sessão Surpresa SESSÃO TRAILER Sexo SEXTA-FEIRA 13 Sharon Stone Sidney Lumet Sigourney Weaver Sofia Coppola Spielberg Stan Lee Stanley Donen Stanley Kubrick Star Trek Star Wars Stephen King SUPER HERÓIS Suspense Terror Thriller Tim Burton Timothy Dalton TOD BROWNING Tom Cruise Tom Hanks Tom Tykwer Trash TV Uma Thurman UNIVERSAL STUDIOS Universo Jurassic Park Victor Fleming Violência Vivien Leigh Wachowski Walter Hugo Khouri Walter Salles Warner Wes Craven Western William Castle William Friedkin Wolfgang Petersen Wong Kar Wai Woody Allen Zé do Caixão